Entre em contato: +55 (43) 3372-1111

BLOG

Minicurso de Avaliação Morfológica.

A cidade de Uberaba/MG sediará, até o dia 16 de agosto, a 29ª edição do Congresso Brasileiro de Zootecnia (Zootec). Cerca de 1.300 pessoas estão inscritas. No primeiro dia do evento, aconteceram os minicursos das raças bovinas, dentre todas as zebuínas que representam a maioria, foram convidadas a raça leiteira Girolando e a de corte Senepol. foram três horas de aulas práticas no Parque Fernando Costa enfocando o padrão racial e as principais características de cada raça.

O minicurso de “Avaliação Morfológica de Girolando” foi ministrado pelos técnicos da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando Edivaldo Júnior, Gustavo Gonçalves, Limírio Bizinotto e o superintendente Técnico da entidade, Leandro Paiva. “A raça Girolando é a que mais cresce na produção de sêmen no Brasil, com quase 700 mil doses vendidas em 2018. Outro dado importante a ser ressaltado é o crescente aumento na produção de leite das vacas Girolando. Nos últimos 18 anos, a média de lactação da raça em até 305 dias no ano aumentou 52%, sendo atualmente de 5.475 kg”, informou Leandro Paiva. A raça é responsável por 80% do leite produzido no Brasil.

Já o minicurso de “Avaliação Morfológica de Senepol” foi coordenado pelo superintendente Técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), Celso Menezes. “Em qualquer condição de manejo, o Senepol se adapta facilmente, e por esta característica é que vem sendo muito utilizado em programas de cruzamento industrial. São animais produtivos e longevos”, destaca Menezes. O Senepol é a única raça taurina a participar do Zootec 2019.

Os colaboradores, jurados e técnicos homologados da ABCZ foram responsáveis por conduzir as palestras das raças zebuínas. João Eudes Lafetá, Lauro Fraga Almeida, Rafael Oliveira Resende, Fernando Garcia Carvalho e André Rabelo.

Nos minicursos participaram cerca de 300 congressistas. Os grupos foram formados por estudantes de universidades de todo Brasil e de países vizinhos.

A abertura oficial do Zootec foi nessa quarta-feira (14). Após a cerimônia de abertura, o diretor acadêmico da Fazu e presidente do Zootec 2019, Msc. Carlos Henrique Cavallari Machado, ministrou a palestra intitulada “Evolução das Raças Zebuínas: um relato histórico”.

Seguindo a programação do Zootec, o primeiro painel do evento, o de Nutrição Animal contemplou a palestra “Avanços tecnológicos na área de produção de bovinos de corte a pasto” apresentada pelo professor da FAZU, Adilson de Paula Almeida Aguiar, especialista em Solos e Manejo de Pastagens. Já a Dra. Melina Bonato, da ICC Brasil, foi o responsável pela dissertação “Uso de aditivos alternativos na avicultura: além da substituição ao antibiótico”, sobre os benefícios do uso das leveduras utilizadas na alimentação animal. Os produtos expostos são exportados para cerca de 180 clientes em mais de 50 países.

Com foco e incentivo aos trabalhos científicos e acadêmicos, os melhores trabalhos inscritos no Zootec 2019 serão apresentados na programação oficial do Congresso. O Zootec é o evento de grande importância da zootecnia brasileira como ciência e profissão, de domínio da Associação Brasileira de Zootecnistas e é realizado em parceria com instituições de alta referência acadêmica, com vertentes nos debates das questões de ensino, temáticas científicas, técnicas contemporâneas e políticas profissionais. Trazendo inovações para o aprimoramento de suas atividades.Os painéis em 2019 serão divididos nas grandes áreas de atuação do zootecnista: Melhoramento Genético, Reprodução, Nutrição e Bem-Estar Animal e, não mais, por espécies animais. Além disso, serão ofertados, por adesão, minicursos totalmente práticos, os quais possibilitarão aos participantes atualizações importantes em várias áreas da Zootecnia.